Skip navigation

É com pesar que informamos aos leitores deste blogue do falecimento de Howard Zinn, historiador e ativista norte-americano, aos 87 anos de idade. Ele sofreu um infarto e deixa dois filhos e cinco netos.

Zinn – responsável por “uma contribuição incrível para a cultura intelectual e moral americana” nas palavras de Noam Chomsky – é o autor de diversos livros influentes, dentre os quais destacamos A People’s History of the United States, com o qual deu origem a uma guinada pela história radical nos Estados Unidos. Por história radical entenda-se uma perspectiva engajada, longe de “neutralidades” tão postuladas por certas correntes, buscando iluminar as lutas sociais em seus contextos, numa participação verdadeiramente ativa.

Aqui no Brasil, nós da L-Dopa tivemos a oportunidade de editar sua autobiografia, Você não pode ser neutro num trem em movimento (2005). Ficamos igualmente felizes  com as respostas de inúmeras pessoas que encontraram no livro mais do que um simples estímulo intelectual, mas uma experiência de integridade de um historiador engajado e um homem devotado à transformação da realidade social. Irremediavelmente otimista, como ele mesmo se descrevia, esperamos guardar de Howard Zinn a paciência e a tenacidade que o relato de sua vida nos revela possível. Como indivíduos e como editora expressamos nosso débito a Zinn e estendemos nossos pêsames a todos os familiares, amigos e admiradores do autor.

“O que nós enfatizamos nesta história complexa irá determinar nossas vidas. Se nós só vemos o pior, isto destrói nossa capacidade para fazer algo. Se nós nos lembrarmos das épocas e lugares – e existem tantos – onde as pessoas agiram de maneira magnífica, isto nos dá energia para agir, e ao menos a possibilidade de mandar o mundo numa direção diferente. E se agimos, de qualquer maneira – ainda que pequena -, não precisamos esperar por algum grande futuro utópico. O futuro é uma infinita sucessão de presentes, e viver agora como nós acreditamos que seres humanos devem viver, desafiando tudo que de mal existe ao nosso redor, é em si uma maravilhosa vitória.” (Howard Zinn – Você não pode ser neutro num trem em movimento)

Anúncios

One Comment

  1. Inspirador.


One Trackback/Pingback

  1. By A morte de Howard Zinn | Luis Nassif on 28 jan 2010 at 11:12 pm

    […] https://ldopaeditora.wordpress.com/2010/01/28/falecimento-de-howard-zinn/ Autor: gustavo – Categoria(s): Costumes, História, Movimentos Sociais, Políticas Sociais […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: