Skip navigation

A CIDADE E O MONSTRUOSO

Apenas os homens da cidade têm o que ensinar, diz o filósofo. Que a cidade não esteja diretamente ligada à exploração do solo fala, para bem e para mal, da atividade teórica sem preocupação imediata com resultados palpáveis. Assim, é possível entrecruzar pensamento e cidade pela história – o espaço e o pensamento em combinação. Mas mesmo na vida de cada indivíduo, em cada lugar, em cada cenário, o julgamento dá forma ao espaço, e nesse movimento também se forma.

Para o construtor do labirinto, o engenho era uma proeza admirável. E para o monstro ali dentro, uma prisão. Perguntar nas formas urbanas por esse ser violento, e também erótico e híbrido, é perguntar pelo poder. O que, exatamente, está preso aqui? Um planeja, outro habita o planejado. De modo que a disputa entre dois lados assim díspares é bem descrita na natureza dupla do monstro: a cidade é o lugar das metamorfoses. O espaço busca conter o pensamento, que busca delinear o espaço, e nesse movimento os dois podem se transformar.

A cidade racionalmente planejada acaba por prescrever um certo indivíduo sempre em busca dos próprios interesses e com comportamentos mais ou menos maquinais. Até que a engenhosidade da história retorne a espontaneidade a seu lugar, o cidadão é esse ponto querendo maximizar seus lucros, repetindo seus gestos e percorrendo um caminho com o único propósito de locomover-se. Uma praça, uma favela, uma biblioteca, uma boate: o que, exatamente, está preso aqui?

Anúncios

2 Comments

  1. Surpreendo-me cada vez que o leio.
    Urbano e monstruoso…
    Nilístico!
    Gigante.

    Abraço,

    Maurice

  2. nils, quero ler sobre a cidade, mas vou ficar na espera da última parte, aí leio de uma única tacada. Aliás, li o conto e em breve escrevo para você.
    abração.
    mk


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: